PONDFOOD MIX

Alimento completo para animais misto por flocos, grãos e crustáceos para peixes de lago ornamentais pequenos e médios.

Composição: cereais, peixe e derivados, crustáceos, alga.

Aditivos nutritivos: Vitamina A (3a312a) 3.400 U.I./kg, Vitamina D3 (3a671) 1.920 U.I./kg, Vitamina E (3a700) 44 mg/kg.

Constituintes analíticos: proteínas brutas 31,17%, cinza bruta 9,98%, gordura bruta 5,45%, fibra bruta 2,76%, humidade 90,90%, Omega 6 23,66%, Omega 3 13,96%.

Tamanhos disponíveis:

1200 ml - 150 gr - Código do produto PDM180

11 lt - 1,2 Kg - Código do produto PDM1200

AS VITAMINAS NA DIETA DOS PEIXES DE AQUÁRIO

Vitamina A. Também chamada Retinolo, é uma vitamina lipossolúvel, ou seja, pode ser acumulada nos tecidos gordos e no fígado dos animais e libertada no organismo sempre que necessário. A Vitamina A promove nos peixes a correta renovação dos tecidos epiteliais e o correto funcionamento dos processos visuais, além de regular o desenvolvimento corporal e desempenhar uma atividade antioxidante. Os sinais de carência são exoftalmia (olhos inchados e salientes), despigmentação, opacidade da córnea, anorexia e edema, crescimento reduzido.

Vitamina D3. O Colecalciferol , nome correto da Vitamina D3, é uma pró-hormona lipossolúvel que atua nos animais como modulador da absorção do Cálcio e do Fosfato a nível intestinal, e regula as suas funções no organismo. Além disso, regula a síntese das hormonas paratiroides. Trata-se de uma vitamina essencial, ingerida pelos peixes com o alimento para peixe Prodac e acumulada no fígado e nos tecidos gordos.A carenza di Vitamina D3 determina raquitismo, desenvolvimento muscular reduzido e deformações ósseas.

Vitamina E. O alfa-tocoferol é uma vitamina lipossolúvel essencial que é acumulada pelos peixes sobretudo no fígado e é exclusivamente absorvida através da alimentação. Trata-se de um dos mais potentes antioxidantes que nos peixes regula também a funcionalidade e a estabilidade das membranas celulares e a produção das hormonas sexuais responsáveis pela reprodução. Está igualmente envolvida na resposta imunitária como importantíssimo regulador. A Vitamina E e a Vitamina A estão particularmente associadas, ipois a primeira previne a oxidação da segunda. Os sinais de carência de Vitamina E são anemia, degeneração hepática, ascite, danos ao músculo cardíaco e aos glóbulos vermelhos, abrandamento do crescimento, reduzida atividade reprodutiva.

OS ÁCIDOS GORDOS NA DIETA DOS PEIXES DE AQUÁRIO
Ácidos gordos Ómega 3. Também chamados PUFA – 3, são ácidos gordos polinsaturados essenciais aos peixes e obtidos através da alimentação com os alimentos para peixe PRODAC. Para os peixes de água doce, reveste-se de especial importância o ácido linolénico, enquanto para os de água salgada, os ácidos eicosapentaenóico e docosaexaenoico. Os peixes carnívoros têm exigências maiores do que os herbívoros por causa das diferenças metabólicas. Os ácidos gordos ómega 3 são importantíssimos para a estabilidade das membranas celulares, tornando-as mais fluidas mesmo a baixas temperaturas corporais (os peixes são animais de “sangue frio”). Desempenham também uma ação anti-inflamatória e, em menor grau, são utilizados para produzir energia metabólica. Promovem igualmente o correto desenvolvimento dos ovos, dos embriões e dos alevins. São sinais de carência: coloração anormal, erosão das barbatanas, danos no fígado, desenvolvimento corporal anormal.
Ácidos gordos Ómega 6.São ácidos gordos polinsaturados de origem vegetal, essenciais aos peixes (podem ser ingeridos apenas através da alimentação). Os mais importantes para o organismo dos peixes são oácido araquidónico e oácido linoleico. Os ácidos gordos ómega 6 estão envolvidos em numerosas vias metabólicas: ativação da resposta inflamatória, manutenção das camadas lipídicas corporais, sinais celulares e ativação de enzimas. Promovem a resposta imunitária correta em caso de infeção. São sinais de carência: desenvolvimento corporal anormal, vulnerabilidade às infeções, alterações epidérmicas..